ASTROSOFIA

ASTRO-FILOSOFIA - ASTROLOGIA SIMBÓLICA - ASTROLOGIA PITAGÓRICA - A CIÊNCIA DOS CICLOS OU CICLOSOFIA - ASTROLOGIA ESOTÉRICA, COLETIVA & MUNDIAL
"ASTROLOGIA PROFUNDA PARA UM MUNDO MELHOR" - CIÊNCIA & FILOSOFIA NOVAMENTE UNIFICADAS PELA SÍNTESE!"
Eis que vimos a Sua estrela no Oriente e viemos homenageá-lo." Mt 2,2 (sobre os Reis-magos astrólogos)
"Eu (acredito em Astrologia porque) estudei o assunto, e o senhor não." Isaac Newton (a um crítico da Astrologia)

Disse uma sábia, fazendo eco a Newton, que "a Astrologia não é uma questão de crer, mas de conhecer" (Emma C. de Mascheville). E este se revela o único grande problema, ou seja: o de conhecê-la de fato, coisa dificultada ora pela sutileza de seus postulados, ora pelos desvios que sobre ela se acometem a partir disto. Mas nada disto desmente a sua importância histórica, que tem norteado os rumos das civilizações por milênios, sendo mesmo hoje respeitada sábios e presidentes.
APRESENTAÇÃO .....HOME..... INICIAL ..... EDITORA ....... VIDEOS....... GRUPOS......... GLOSSÁRIO

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Dia-fora-de-tempo – o último desta Era

Caríssimos @migos na Luz!

Este dia 25/7 é o último Dia-fora-de-tempo antes da chegada do 21/12/2012, quando tem início uma nova Era racial, chamado pelos maias e nahuas de Sexto Sol (ou Sexta Era solar), o mesmo que a Sexta raça-raiz dos teósofos.

Este período de menos de seis meses que resta, é a última oportunidade para se fazer uma avaliação consistente desta transição.

Antes de mais nada, cabe refletir sobre a natureza desta Era que termina, cujo final materialista traduz apenas a sua Kali Yuga. Devemos começar o seu resgate cármico –como forma de embasar as energias futuras- pela reavaliação dos seus valores mais nobres e pelo entendimento da função que a raça árya teve na economia espiritual do mundo.

A terceira raça-raiz teve a missão espiritual de afirmar os dons da mente, aprimorando a meditação e o controle mental. Num campo inferior, tocou desenvolver a Ciência, e nas altas esferas da Hierarquia, coube aos mestres preparar o conceito de civilização e do Estado como quintessência da cultura, literalmente falando, além de trazer a consumação da Grande Arte, a Alquimia espiritual, pela qual se reúne e supera os Elementos naturais –tudo para preparar as glórias futuras do mundo.

Como ensina o Bhagavad Gita, a aristocracia natural desta raça fez do idealismo um valor social. O sentido de dever e o auto-conhecimento, são algumas das pérolas a serem polidas na ante-sala dos tempos novos. O resgate destes valores, é sabidamente uma tarefa especial das sub-raças setenárias e terminais, como é o caso da América do Sul (neste ciclo áryo), donde o ecumenismo ali existente.

Depois, é somente abrir os braços para o Futuro, para os caminhos da consumação da evolução humana que as novas energias trazem, outorgando a abertura de um novo centro espiritual, o coração, pelo qual será possível alcançar uma iluminação real e comungar com a alma-gêmea. Os mestres fomentarão, por sua vez, a unificação planetária e buscarão a liberação cósmica.

Assim, neste Dia-fora-do-tempo que anuncia o Tzolkin de transição, que possamos refletir na depuração e na reiluminação da raça que termina, e preparar-nos então para as glórias futuras do mundo.

Luís Salvi (Ikix Kukulkan)


Reuniões para celebrar o Dia-fora-do-tempo-2012 em Poto Alegre

10:00 – Junto ao Buda da Redenção (Parque Farroupilha)

No Por do Sol – Parque Harmonia, na orla do Lago Guaíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário